"“Muitos crentes consagrados jamais atingiram os campos missionários com seus próprios pés mas poderão alcança-los com seus joelhos” (Adoniran Judson)”"

domingo, 26 de julho de 2009

JUSTIÇA COM AS PRÓPRIAS MÃOS

Índia - Orissa - Kandhamal - perseguição e limpeza religiosa

Autor: João Cruzué

Milícias de fundamentalistas hindus da VHP - Vishaw Hind Parishat destroem Igrejas cristãs, prontos-socorros, orfanatos, matam pastores, queimam pessoas vivas e expulsam 50.000 cristãos de suas vilas e casas no distrito de Kandhamal, Estado de Orissa, na Índia. Milhares de famílias estão morando em campos de refugiados ou no meio do mato. A ordem é dos perseguidores é: Só volta para casa quem se reconverter ao hinduísmo. As autoridades indianas no momento estão ocupadas com outras coisas ditas "mais importantes". Por ventura estão esperando que o mal se alastre pelo país inteiro? A terra de Ghandi que defenestrou a Inglaterra de seu território pela uso da não-violência e da greve de fome, agora se esquece dos ensinos do Mahatma e comete todo tipo de barbarismo.


Orissa Vergonha para a Índia - Parem de matar cristãos!




Campo de Refugiados em Orissa




Isto era um orfanato católico. Aqui uma jovem de 20 anos foi queimada viva.




Bombeiros tentando debelar as chamas de um templo cristão.







Enquanto isso, os verdadeiros culpados pela morte do líder hinduísta, assassinado em 23 de agosto de 2008, estão nas sombras. As autoridades do Estado de Orissa pela forma pouco convincente de atuação parecem que não se importarem muito com o sofrimento dos cristãos. Eles sofrem e são perseguidos por serem alvo de dois preconceitos ao mesmo tempo: são Dalits e cristãos.

Nenhum comentário: