"“Muitos crentes consagrados jamais atingiram os campos missionários com seus próprios pés mas poderão alcança-los com seus joelhos” (Adoniran Judson)”"

terça-feira, 6 de outubro de 2009

A IGREJA E A OBRA MISSIONÁRIA


PENSE NISTO!!!

"E nos mandou pregar ao povo e testificar que Ele é o que por Deus foi constituído juiz dos vivos e dos mortos".( Atos c. 10 v. 42)


Quando falamos em missões nos referimos a proclamação do evangelho em todo o mundo, o que é geralmente chamado de Grande Comissão. Esta Grande Comissão fundamenta-se nas últimas instruções de Jesus a seus discípulos e que se encontra registrado nos quatro evangelhos,( Mateus 28; 18-20 ; Marcos 16; 15-16; Lucas 24; 46-49; João 20; 21-22) bem como no livro de Atos dos apóstolos 1;8.


Através da Grande Comissão, o Senhor Jesus revela sua vontade, de que todas as pessoas em todas as épocas ouçam o evangelho. A clareza destes textos deixam evidente que na mente de cada cristão obediente a Cristo, deve haver um profundo sentimento de paixão pelas almas. A evangelização do mundo é a vontade e o plano inquestionável do Senhor.

Faz-me refletir sobre a Igreja Primitiva:

A unidade da igreja, o seu amor, a sua preocupação de uns para com os outros, o suprimento da necessidade de cada um, o interesse do crescimento e fortalecimento dos irmãos, são assuntos que nos permitem através do livro de Atos dos Apóstolos comparar a Igreja Primitiva com a Igreja Atual, e vermos como a mesma se desviou dos seus princípios.
Pois, na primitiva os irmãos se dedicavam ao ensino dos Apóstolos e a comunhão, ao partir do pão e as orações, mantinha-se unidos e tinham tudo em comum. ( Atos 2; 42-47)

Eu pergunto:
O que estamos fazendo, cada um de nós como igreja que somos em prol do crescimento e fortalecimento do Reino de Deus?

Olhando a situação de outros povos pelo mundo vemos a miséria e a necessidade de outros povos e podemos sentir o quão precioso é pra eles a presença de um missionário, levando não só o alimento para o corpo, mais, principalmente para a alma. Quando olhamos para esta realidade, deparamos com cenas chocantes e tristes pela total miséria e fragilidade da vida humana em países onde a Palavra de Deus não pode ser pregada com a liberdade que temos aqui.

O Brasil é um país livre, podemos louvar pregar nas ruas, nas praças, andar com a Bíblia na mão, e o que estamos fazendo para aproveitar essa liberdade aqui?

No mundo inteiro cristãos são presos, torturados e até mortos por professarem sua fé em Cristo em países com a China, Peru, Irã, Egito, Turquia, Paquistão e outros, na maioria desses países os cristãos não podem se reunir como igreja para cultuar a Deus, porque chega a polícia e acaba com tudo, prende os irmãos e fecha as igrejas.

No Paquistão grupos muçulmanos atacam casa e igrejas e torturaram os cristãos. Na Etiópia, a polícia invadiu e baleou e matou duas pessoas que ajudavam a construir uma igreja cristã. Na China, uma igreja foi invadida em pleno culto de domingo a noite e lacraram a igreja e prenderam o pastor e todos os membros que estavam naquela noite ali.

É muitos não sabem disso, não procuram nem saber como estão os missionários, só lembram missões quando tem um culto direcionado para missões. Podemos confrontar a nós mesmos pela nossa total falta de apego com a obra do Senhor, por não termos a mesma paixão que Cristo teve pela igreja.
Jesus durante seu ministério terreno, sempre se preocupou com a situação espiritual das pessoas. O seu olhar era diferente, ele não via as pessoas pela sua posição social ou financeira, mas via o seu estado espiritual, ele as via como ovelhas sem pastor (Mateus 9; 35-38). Em outra passagem ele diz que as ovelhas ouvem a sua voz e o seguem, mas mesmo assim não se dá por satisfeito, pois reconhecia que havia outras ovelhas, a quem ele também deveria agregar (João 10;16).

Sabe qual é a diferença?
É que Jesus chorava pela multidão, se afligia por elas, ia ao encontro delas.
O missionário tem que estar disposto a morrer pela causa. A paixão pelas almas é mais importante do que qualquer coisa que você pode ter na sua vida, é mais que uma universidade, é mais do que um título, é mais que uma posição, você respira, você vive, o amor pelas almas deve consumir você. A necessidade de ganhar almas é urgente!

Atualmente a população mundial já ultrapassa os 6 bilhões de pessoas, são 119 mil pessoas que morrem diariamente e 97% delas morrem sem Jesus.Em Papua (Nova Guiné) toda sexta-feira as 4 horas da tarde se queima incenso a Buda, Hare Krishina, ao Diabo, são povos cegos que nunca ouviram falar de Jesus.

Quem dedica pelo menos uma hora por dia para interceder por missões, quem?

E Deus vem e diz a mim e a você: Estou buscando alguém para chorar comigo, estou buscando alguém para sentir o que eu sinto, estou buscando alguém para velar comigo nem que seja uma hora só.

Oh! Meus irmãos, quando você da a sua vida e o seu coração incondicionalmente 100% a obra de Deus, Deus pode fazer uma bomba de sua vida.
Porque cristãos normais, Deus não usa para essa obra, porque são normais, Deus só usa, ousados, valentes, homens e mulheres que não se rendem por nada, os covardes ficam em casa assistindo TV e comendo pipoca.
Jesus está voltando, é tempo de nos despertarmos obedecer a sua ordem; Jesus disse: Ide e Pregai, e hoje já passado mais de dois mil anos destas celebres palavras, elas ainda ecoam em nossos ouvidos. Jesus ainda está a nos dizer que ainda existem outras ovelhas que ele deseja agregar ao seu rebanho.

Para que essa tarefa fosse fielmente cumprida, em suas ultimas instruções aos discípulos, antes de sua ascensão, Jesus deu a sua igreja representada ali, uma ordem, não foi uma simples opinião ou um mero palpite de Jesus, ele não disse para a igreja anunciar o evangelho a todos os povos quando achassem convenientes, ou quando alguém estivesse á toa, nada disso!

As palavras de Jesus proferiram uma ordem imperativa, clara e expressa para a igreja, a de evangelizar o mundo e fazer novos discípulos (Mateus 28;19; Atos 1;8)

Esta ordem não foi somente para aquela época, mais ainda faz parte da missão imperativa da igreja de hoje.

Estamos esquecidos que Deus vai cobrar de cada um individualmente, pelo desafio missionário “Quando Eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; não o avisando tu, não falando para avisar o ímpio acerca do seu caminho ímpio, para salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua maldade, mas o seu sangue da tua mão o requererei. (Ezequiel 3;18).

Por isso ou fazemos Missões, ou diante de Deus estaremos sendo desobedientes negligentes e omissos.

Se você não vai, ore, contribua, é dever de cada cristão apoiar a obra missionária.

Por isso eu desafio você que foi tocado pelo Espírito Santo de Deus a fazer um propósito com o Senhor, de Orar, interceder pelos missionários, diga pra Deus que você vai se importar mais com a sua obra a partir de hoje. Deus quer levantar homens e mulheres cheios do seu Espírito para evangelizar os pobres, para curar os quebrantados do coração, apregoar liberdade aos cativos, a dar vistas aos cegos, a pôr em liberdade os oprimidos, a anunciar o ano aceitável do Senhor.

PENSE NISTO!

Nenhum comentário: