"“Muitos crentes consagrados jamais atingiram os campos missionários com seus próprios pés mas poderão alcança-los com seus joelhos” (Adoniran Judson)”"

terça-feira, 13 de outubro de 2009

RAZÕES SUFICIENTES PARA NÃO SE FAZER MISSÕES.



(Este texto foi publicado no site Paixão pelas Almas e é de autoria de Luiz Fernando R. Coutinho - Editor do Jornal Paixãol pelas Almas).


Já ouvimos falar de intermináveis motivos para se fazer missões. Agora, veremos exatamente o contrário: razões para não se fazer missões de forma alguma. Aqui fizemos uma apanhado suficiente e completo, dedicado à causa daqueles ‘cristãos’ que nunca quiseram pensar e muito menos fazer missões.


O primeiro motivo para não se fazer missões é simples. Só é um pouquinho difícil de acreditar mas, mesmo assim, pode acontecer.


É o seguinte: você nunca leu na Bíblia o capítulo 15 e o versículo 16 do Evangelho segundo Marcos (a propósito fica no Novo Testamento) que diz: "Ide por todo mundo, e pregai o evangelho a toda criatura". Nunca ter lido este texto bem que poderia ser uma razão para não se fazer missões. Caso você nunca tenha lido este versículo, bem, agora você acabou de ler! Se este era o motivo, já não o é mais.


Esta é mais outra razão:


Deus ainda não me orientou neste sentido. A falta de orientação se deve de igual maneira pela provável falta de conhecimento de um outro versículo, em Mateus 28.19,20a, que diz assim: "Portanto, ide e fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado..." Você tem certeza que Deus nunca o orientou? Será que nunca leu isso mesmo? É tão comum, nas igrejas, ouvir a segunda parte do versículo 20, que diz: "E certamente estou convosco todos os dias até a consumação do século". Não é linda essa palavra? Até parece dizeres de caixinha de promessa. Agora, se você quiser ignorar os versículos anteriores, não podemos fazer nada. Só que ignorando-os, logicamente que esta última promessa de Cristo na sua vida também deverá estar de igual modo ignorada, pois esta incluído no mesmo versículo. Você concorda?


Outro motivo:


Você é um daqueles que diz assim referindo-se a missões: "Primeiro Jerusalém (ou seja na cidade onde moro), depois em Judéia (nosso Estado) e mais depois ainda em Samaria (nosso País) e por último de tudo, ... os confins da terra". Pior de tudo é que sai falando que isto está na Bíblia (só não se lembra em que lugar).

E ainda: "Não é justo mandar missionários para longe, quando na minha cidade há muitos para se converterem". O versículo bíblico mais parecido com a afirmação acima diz algo bem diferente, mais precisamente o contrário. Mas nós perdoamos; são coisas que acontecem... você também nunca deve ter lido o versículo de Atos 1.8, ou, se leu, não enxergou direito: "Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra". Isso indica claramente a simultaneidade. Não há nada que sugira de primeiro num lugar e depois em outro e por último os confins da terra.

O campo que Jesus explicava numa de suas parábolas, não é o meu bairro, nem minha cidade, nada disso. O Brasil também não é o campo. Jesus disse: "O campo é o mundo" (Mateus 13.38). A ordem é semear a palavra no mundo inteiro. Talvez você nunca tenha lido isso na Bíblia, mais precisamente no Novo Testamento! E quanto ao fato de não ser justo mandar missionários para longe, quanto em minha cidade há muitos para se converterem - então, obviamente, se você já é um salvo que crê em Jesus Cristo, então você não passas de um erro cometido no passado por um missionário, que saiu de sua terra para vir até o Brasil pregar o Evangelho antes que sua própria cidade fosse evangelizada. Seguindo esta mesma linha de raciocínio, o Espírito Santo também teria errado, mandando Paulo e Silas para a Macedônia, quando nem ainda a cidade deles estava evangelizada. E assim, o evangelho não deveria ter saído nem mesmo de Jerusalém.


Que tragédia!!! Não tem dinheiro! É o que logo falam! O bolso é a parte mais sensível. A falta de dinheiro para missões é justificável: ‘É necessário colocar um piso de mármore na igreja... é necessário ter um telefone celular dentro do templo... é preciso pagar vários cantores para o povo aplaudir nos cultos... as despesas com majestosas festas mensais são altas... as excursões turísticas custam caro...’ e assim, a lista de despesas segue-se parecendo mais é com a lista telefônica. Tem-se dinheiro para tudo, menos missões.


Quando Jesus Cristo vier arrebatar a Igreja, os bens materiais vão ficar tudo por aí... e quem tiver com seu tesouro na terra, se não vigiar, vai ficar junto com ele: ‘pois onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração’ (Lc 12.34).


A situação de quem ignora a obra missionária é puramente de erro: ‘Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus’ (Mt 22.29).


A rigor - o único motivo existente numa igreja local para não se fazer missões é este: seus líderes estão desviados da obra que está no coração de Deus, não tendo amor pela mesma. Não é por falta de dinheiro, não é por falta de nada. A única coisa que deve estar faltando é vergonha... e muita mesmo!


Se você é líder de alguma congregação cristã que se identifique com alguma característica que citamos, não é nossa intenção ofendê-lo. Concordamos que a casa de Deus deve ser bem zelada, transmitindo um aspecto agradável a todos na sociedade e suprida utilmente com o que houver de melhor. É uma dádiva que Deus nos dá, poder desfrutar de suas bênçãos.


O texto é dirigido a todos os líderes de igrejas que arrecadam grandes valores em dinheiro, possuem um considerável patrimônio, gastam em empreendimentos faraônicos - mas não são capazes de destinar um único centavo para a causa maior: a obra missionária mundial - sob o pretexto de não possuírem condições financeiras para tal coisa....


Se a sua igreja é assim, então meu lamento. Qual tem sido o seu motivo para não fazer missões?"
Luiz Fernando R. Coutinho - Editor do Jornal Paixão pelas Almas

Nenhum comentário: