"“Muitos crentes consagrados jamais atingiram os campos missionários com seus próprios pés mas poderão alcança-los com seus joelhos” (Adoniran Judson)”"

terça-feira, 22 de junho de 2010

TODOS OS POVOS PRECISAM ADORAR O VERDADEIRO DEUS





Muitos povos, em diversos lugares do mundo, têm adorado um deus desconhecido. São milhões de pessoas que fazem isto porque nunca ouviram falar do Verdadeiro Deus e da verdadeira adoração. E muitos desses povos estão como os gregos que o apóstolo Paulo encontrou no areópago: dedicando altares a deuses desconhecidos.

Essas pessoas, ainda que tenham muita fé, mesmo que gastem muitas horas e dias em suas devoções, caminham na direção errada. Elas vivem sem esperança, pois, muitas vezes, a sua forma de adoração as leva a mutilar seus corpos, a sacrificar suas vidas (e até de seus próprios filhos), a destruir seus bens, tudo como atos de adoração.

Como vemos, ainda há povos e nações inteiras que precisam conhecer o Verdadeiro Deus e a verdadeira adoração para se tornarem adoradores verdadeiros. A maioria nem sabe que existe a Bíblia – a fiel, inerrante e infalível Palavra de Deus. Mas, em qualquer lugar em que as pessoas descobriram a verdade das Escrituras, o resultado foi um grande despertamento para adorar unicamente ao Senhor.

O texto de João 4.24 diz que "Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade". Ele narra o histórico encontro de uma mulher, apenas identificada como samaritana, com Jesus. É possível que cada um crie na mente uma imagem daquele momento. Jesus sentado à beira do poço de Jacó, com as roupas e as sandálias cheias de poeira das estradas palestinas, dialogando com a mulher de Sicar.

A beleza daquele momento é singular. A dúvida angustiante que a mulher traz em sua mente, revelada no verso 20, é completamente dissipada por Jesus. Sua vida, então, ganha uma nova dimensão, um novo sentido. A definição da adoração verdadeira enunciada por Jesus mudou não somente aquela mulher, mas continua e continuará a transformar ainda muitas outras vidas.

O chamado à adoração é universal e eterno. E ele é dirigido a todas as pessoas, de todas as raças, tribos e nações, em cada geração. Conquanto, ainda hoje, a maioria não atenda, este é o chamado mais elevado que pode ser feito a um ser humano. Deus não somente chama, mas procura verdadeiros adoradores entre todos os povos.

Eis o foco principal, o objetivo maior de se fazer missões: levar o Evangelho a todos, para que se tornem verdadeiros adoradores. Por isso, nós precisamos atender ao chamado de Deus à adoração, pois a verdadeira adoração tem a sua origem na dignidade de Deus – Ele é digno de toda adoração. Este é o particular caráter que identifica a verdadeira adoração da adoração religiosa, meramente formal. Infelizmente, ainda hoje esta é a realidade em que vive a maioria dos povos.

"Nós adoramos o que conhecemos" (Jo 4.22). Ao alcançarmos a visão desta verdade compreendemos que a verdadeira adoração é obra da graça de Deus no coração do homem e que não se baseia no mérito humano. É pura e simplesmente a ação da graça de Deus preenchendo todos os espaços do coração, da mente e da vida do verdadeiro adorador que contrito aceita o chamado divino, permitindo que a ação da graça divina se sobreponha ao desempenho humano. Se dependesse do que podemos fazer, jamais atingiríamos o desejo de Deus de sermos adoradores que adorem em espírito e em verdade.

Quando adoramos verdadeiramente ao Senhor somos constrangidos a nos dispor e impelidos para anunciar a mensagem verdadeira, a adoração verdadeira, àqueles que ainda não sabem a quem estão adorando, como aconteceu com o profeta Isaías.

Nós adoramos o que (ou a quem) conhecemos, pois a verdadeira adoração é resultante do relacionamento interior com Deus, onde o seu Espírito flui livremente para o exterior, produzindo obras da justiça de Deus. Enquanto que a adoração meramente religiosa busca estabelecer um "relacionamento" com Deus a partir de obras exteriores, na verdadeira adoração toda honra é dada ao Adorado é não ao adorador. Deus é a razão de toda a honra, de toda devoção, pois Ele é o único, é Excelso.

A verdadeira adoração é a resposta ao que Deus já nos proporcionou. É a entrega de nossas vidas nas mãos do Pai para que outros possam conhecê-Lo e passem também a prestar-Lhe a verdadeira adoração.

Missões é a tarefa de levar os povos que vivem sem luz e sem direção a serem verdadeiros adoradores. Sem o envolvimento na obra missionária, as nações permanecerão sem conhecer a graça e o amor de Deus revelado em Seu Filho Jesus Cristo e continuarão a levantar altares a deuses desconhecidos. Não somente nós, mas eles também precisam adorar o Verdadeiro Deus.

Pr. Sócrates Oliveira de Souza. Fonte: JMM/http://informativobatista.zoomblog.com/archivo/2008/08/16/todos-os-povos-precisam-adorar-o-Verda.html

Nenhum comentário: