"“Muitos crentes consagrados jamais atingiram os campos missionários com seus próprios pés mas poderão alcança-los com seus joelhos” (Adoniran Judson)”"

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

A GRANDE COMISSÃO


Prega-se que há quatro maneiras principais de nos envolvermos com missões: ORANDO, DIVULGANDO, CONTRIBUINDO ou INDO. São, portanto, também, quatro áreas em que estamos sendo os grandes omissos.

1. Por incrível que pareça, há pessoas que nunca oraram, de fato, por missões transculturais. Participei de uma conferência missionária para pastores quando alguns deles, ajoelhados, pediam a Deus perdão porque nunca haviam orado pela Índia. (A Índia tem mais de um bilhão de habitantes, cuja esmagadora maioria não conhece o Evangelho e muitos nunca ouviram o nome “Jesus”.)
2. Acredite, certa vez ouvi um pastor de educação superior e grande projeção social, política e religiosa, à frente de uma rica igreja, que além de não divulgar missões transculturais, falou contra elas, (como se o diabo precisasse de advogados).
3. Isto é incrível uma igreja realizou uma conferência e desafiou os membros para uma grande contribuição missionária, mediante promessas de fé. Algum tempo depois, o pastor daquela igreja relatou ao que tinha sido o principal conferencista. “A oferta missionária foi uma bênção; o dinheiro deu para terminar a construção do templo”. (Sem comentários).
4. Você acredita que de cada cem missionários enviados, menos de dez estão indo para os campos realmente mais necessitados: Imagine então a omissão dos que não estão indo para lugar nenhum. Graças a Deus por aqueles que, há mais de um século, vieram para o nosso país trazendo o Evangelho. Agora é a nossa vez de fazer o mesmo, indo aos povos que não conhecem o Senhor.

Algumas pessoas crêem, com sinceridade, que tudo o que fazem por sua igreja ou para Deus pode ser considerado como missões. Eles crêem que a construção de seus edifícios, por boa ou legítima que possa ser, seja fazer missões. Isso talvez explique por que muitas despesas com programações de igreja local e viagens sejam cobertas com fundos missionários. Cada um deve considerar esse assunto em oração porque a igreja primitiva estava fazendo grandes coisas para o Senhor. Eles estavam experimentando grandes milagres, profunda comunhão, vida espiritual abundante. Muitos novos convertidos eram acrescentados à igreja, entretanto eles não estavam obedecendo ao que Jesus lhes tinha ordenado. Algo drástico teve de acontecer para forçá-los a fazer a vontade de Deus. O que lhes fora ordenado fazer em Atos 1.8 tiveram de fazer em Atos 8.1 por meio de perseguição.

Pessoas como eu precisam de muitos anos de envolvimento missionário para começar a entender os aspectos mais importantes do seu próprio ministério.
Quando era pastor local, eu pensava ter visão missionária porque, eventualmente, citava estatísticas na igreja ou sugeria o aumento na quantia de uma oferta de amor para uma agência missionária.

Com o passar dos anos, fui para o campo missionário para ajudar a plantar igrejas. Fiquei familiarizado com a Grande Comissão e pensei que finalmente, houvesse entendido o mandamento de Jesus. Costumava a enfatizar que nossa responsabilidade não era simplesmente proclamar o Evangelho, mas também ensinar todas as coisas que Jesus nos ordenara.


Finalmente, minha atenção foi atraída para um detalhe muito importante do mandamento: ensinando-os a obedecer.

Nenhum comentário: