"“Muitos crentes consagrados jamais atingiram os campos missionários com seus próprios pés mas poderão alcança-los com seus joelhos” (Adoniran Judson)”"

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

TRIBOS, LÍNGUAS E TRADUTORES


William Cameron Townsend

William Cameron Townsend é o fundador da Associação Wycliffe de Tradutores da Bíblia e de sua agência irmã, o Instituto Lingüístico Summer. Tendo começado ainda quando estudante a distribuir porções bíblicas em espanhol, ele convenceu-se de que as Bíblias em espanhol não eram apropriadas para as tribos indígenas da Guatemala. Em 1931 ele completou uma tradução do Novo Testamento no idioma cakchiquel e passou em seguida a dedicar atenção a novas tribos. Outros logo se juntaram a ele. Fazendo luso dos avanços lingüísticos e tecnológicos, os tradutores da Associação Wycliffe têm se espalhado por todo o mundo nos últimos 30 anos, reduzindo diferentes idiomas à forma escrita, traduzindo porções da Bíblia e enriquecendo as sociedades tribais bem como facilitando sua reação às pressões dos povos majoritários em meio aos quais vivem. O “tio Cam” é hoje reconhecido e estimado por reis e presidentes bem como pelos “pequenos” deste mundo, e um número cada vez maior de cristãos está se unindo à sua visão de traduzir as Escrituras em mais 3.000 idiomas, os quais são uma chave essencial para alcançar 5.000 grupos tribais.

“Não seja tolo”, os amigos me disseram há cinqüenta anos quando decidi traduzir a Palavra para os indígenas cakchiquel, uma grande tribo da América Central. “esses indígenas não valem o tempo que você vai levar aprendendo sua língua bizarra e traduzindo a Bíblia para eles. Nem sequer sabem ler. Deixe que aprendam o espanhol”, disseram.

Meus amigos usaram os mesmos argumentos quatorze anos depois quando, após terem visto a transformação que a Palavra operou nos cakchiquels, eu comecei a sonhar em alcançar todas as outras tribos. Quando incluí até mesmo os pequenos grupos primitivos da Amazônia em meu plano, meus amigos acrescentaram outros argumentos: “Eles vão matá-lo”, disse um velho e experimentado missionário. “Essas tribos da selva estão se extinguindo de qualquer forma mesmo. Elas se matam umas às outras, como também aos estranhos, com suas lanças, ou com arcos e flechas. Se não o matarem, você vai pegar malária, ou o seu barco vai virar nas corredeiras e você vai ficar sem suprimentos a uma distância de um mês do posto mais próximo. Esqueça as outras tribos e fique com os cakchiquels”.

Mas eu não consegui esquece-las e um dia Deus me deu um versículo que resolveu a questão para mim. Ele disse: “O Filho do homem veio salvar o que estava perdido. Que vos parece? Se um homem tiver cem ovelhas, a uma delas se extraviar, não deixará ele nos montes as noventa e nove, indo procurar a que se extraviou?” (Mat. 18.11-12).

Esse versículo me orientou; eu fui buscar a “ovelha extraviada”, e quatro mil jovens, homens e mulheres, me seguiram.

Nós nos intitulamos “Wycliffe Bible Translators” (no Brasil, Associação Wycliffe de Tradutores da Bíblia), em memória de John Wycliffe,m que foi a primeira pessoa a traduzir a Bíblia inteira para os de fala inglesa. Metade de nosso pessoal se dedica à lingüística e no trabalho de tradução entre as tribos, levando-lhes a Palavra. A outra metade é pessoal de apoio professores, secretárias, pilotos, mecânicos, gráficos, médicos, enfermeiras, contadores, e outros que tratam das linhas de suprimento, enviando mantimentos, leite para as crianças, bem como outras coisas necessárias aos que estão na linha de frente. Nossos instrumentos são a lingüística e a Palavra, administradas com amor e no espírito de serviço a todos sem discriminação.

As tribos estão sendo alcançadas. As barreiras geográficas outrora tão enormes estão sendo transpostas hoje com os nossos aviões e rádios de ondas curtas. A recém-desenvolvida ciência da lingüística descritiva derruba as barreiras das línguas desconhecidas. A feitiçaria, os assassinatos, a superstição, a ignorância, o medo e as enfermidades estão dando lugar à luz da Palavra, à alfabetização, à medicina e ao contato com o que há de melhor no mundo cá de fora. Os indígenas antes perdidos no curso da vida de suas respectivas nações estão sendo transformados pela Palavra. E se a transformação acontece nas montanhas do sul do México, nas selvas da Amazônia ou nas planícies desertas da Austrália, é um salto espetacular do velho para o novo.

As portas das tribos estão se abrindo rapidamente para o nosso tipo de aproximação. A maneira pela qual o programa de tradução da Bíblia tem avançado durante os últimos cinqüenta anos encoraja-nos a esperar o fim da tarefa na virada do século. A fim de levar a Palavra a mais 3.000 tribos que não têm a Bíblia, muitos tradutores e pessoal de apoio são necessários. O passo tem de ser acelerado.

Cada tradução pode exigir de cinco a vinte e cinco anos, ou até mais, e envolve não apenas o lingüista que enviamos a cada tribo, como também um ou mais informantes, que são indígenas que passam informações úteis e necessárias ao trabalho do lingüista.

Em um sentido político, este parece ser o dia dos países e tribos esquecidos. Talvez seja também o dia deles no campo espiritual. O homem de Lucas 14.16 convidou muitos para a grande ceia que preparou, mas eles declinaram do convite. Ele então enviou mensageiros às cidades e convidou as multidões das ruas, mas ainda havia lugar. Finalmente, mandou os seus mensageiros aos caminhos dos campos para que conseguissem mais convidados. Eles compareceram. É bem possível que tenha finalmente chegado um dia especial de oportunidades para as tribos perdidas que nunca tiveram a menor chance.

Sabemos que todas elas devem ouvir a mensagem do amor de Deus, pois estão incluídas tanto na Grande Comissão quanto na visão profética do grande número de remidos, registrada em Apocalipse 7.9: “Depois destas coisas vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e diante do Cordeiro, vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos”. Elas conseguirão chegar lá apenas se ouvirem a Palavra em um idioma que possam compreender. De que outra maneira poderia ser salvas?

Possa Deus despertar os corações de muitos para que se juntem a nós, a fim de completarmos a tarefa que nos foi dada por Deus de alcançar cada tribo.

(Tribes, Tongues and Translators (“Tribos, Línguas e Tradutores”), adaptado de Who Brought the World (“Quem Trouxe a Palavra”), com permissão de Wycliffe Bible Translators, Inc., Huntington Beach, CA 92648, Estados Unidos, 1963).

Nenhum comentário: