"“Muitos crentes consagrados jamais atingiram os campos missionários com seus próprios pés mas poderão alcança-los com seus joelhos” (Adoniran Judson)”"

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

A RELIGIÃO E A MISSÃO

Pastor e Missionário Teófilo Karkle - Chile

Como lidamos diariamente com Missões, Deus tem colocado palavras ao meu coração, as quais não posso deixar de transcrever-las. Vinte anos de Missões nos da moral e autoridade para tocar no tema com segurança. Ademais somos Missionários ativos, práticos e estamos em Missão de coragem, Missão de amor, Missão de fé, Missão de verdade.

Há vozes no Brasil que se acham Autoridades só por que estão nos meios de comunicação ou por que tem uma copia escrita da Constituição brasileira em suas mãos e usam elas paralelo a Bíblia, fazendo valer a lei, desconhecendo que a Bíblia já vaticinou o desenfreio sexual, a mercantilidade da fé, a maximização da apostasia.
Alguns pensam que são opiniólagos do povo de Deus, como que representam todos os seguimentos evangélicos e que os demais são obrigados a segui-los no twiter, nas postagens das redes sociais, ademais acham que todos devem ouvir-los pela radio ou TV.

Alguns têm inventado coisas extras bíblica para seduzir massas com modismos, unções, determinações proféticas e títulos eclesiásticos do mais alto rango.
Já passou a época que um só homem era Sacerdote, Profeta e Juiz, como no caso de Samuel. São tantos os chamados por Deus, numa área especifica, com tantas novidades, em áreas tão gostosas como Missões, a estes devemos ouvir-los. Faço parte da nova Geração de profetas que não tem medo de condenar essa turma de lideres velhos que deixaram de ser referencia para ser tropeço. Que deixaram de fluir, para interromper, os mais novos.

Mas hoje esta assim: o mesmo homem quer Protestar contra os homossexuais, quer estar em Conferencia de avivamento, quer estar na TV, quer estar no mercado da literatura. Quer ser professor, quer ser seu próprio Diretor da sua própria escola. Quer ter uma Bíblia de Estudo comentada ou anotada por ele mesmo. Quer ser parecido com a graça de Deus que é multifacetica.
Passando o pente mais fino no tema de Missões, vários ministérios estão Exasperados e Desesperados por mais Arrecadações e ao mesmo tempo batalhando contra a homossexualidade. Ditos cujos tem um conhecimento de Missões de laboratório, aquela com camisa de punho branco e com abotoaduras douradas, pois nunca colocaram a mão no arado onde suja e machuca.

Não tem autoridade nenhuma em Missões, pois se metem em umas condições imposta pela religião de tal maneira que não estão enxergando alguns textos ditos por Jesus. Oh, e como convém enxergar, para parar com certos ativismos, secularismos, e para dedicar a verdadeira obra de Misericórdia.
A religião deixa cegas as pessoas, elas simplesmente não querem ver a realidade Missionária. Mateus 25.42 Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber.

A religião deixa surdos os ouvidos dos tão conhecidos crentes, eles não conseguem mais ouvir os clamores da terra, ou simplesmente mudam de canal, para não ser exortado afim de que haja arrependimento e cura. Lamentações de Jeremias menciona uma triste verdade: Todo o seu povo se lamenta enquanto vai à busca de pão; e, para sobreviverem, trocam tesouros por comida... Vocês não se comovem, todos vocês que passam por aqui? (Lamentações 1.10, 11)

Precisamos rever uma estória bíblica: Descia um homem de Jerusalém para Jericó, e caiu nas mãos dos salteadores, os quais o despojaram, e espancando-o, se retiraram, deixando-o meio morto. E, ocasionalmente descia pelo mesmo caminho certo sacerdote; e, vendo-o, passou de largo. E de igual modo também um levita, chegando àquele lugar, e, vendo-o, passou de largo. (Lucas 10.30-32) A religião faz as pessoas passar de largo até de uma amizade missionária.

Tenho uma palavra de Jesus para ti pastor que não tem tempo de responder correios eletrônicos quando o assunto é Missão. Faço uma paráfrase com aquela igreja da Ásia, de Éfeso para ser mais preciso: Tenho contra ti pastor, que há deixado teu primeiro amor. Teu amor e tua paixão são outras motivações. Teus dedos hão tocados tantas teclas de Smartphone, Android, e-pad, do Notebook e as velhas teclas do PC, para cuidar apenas de assuntos pessoais.

Melhor ficar assim mesmo, pois se um pastor assim inventar de escrever artigos missionários, de ser colunista social e de querer falar de Missões sem condições humanas e divinas de misericórdia, de clemência, de amor, de compaixão, só estaria multiplicando palavras vazias, ocas, sem sentido.

A religião cria obedientes ao sistema e pessoas com medo de semear amor. A religião monopoliza as ofertas de Missões. A religião usa o mesmo texto da Bíblia, que os verdadeiros Mestres da palavra, para obrigar os crentes a dar suas ofertas onde se alimentam, para que haja alimento em minha casa, alias mais alimento. É tanto alimento que tem varias contas bancarias abertas, cofres, dólares, euros e até bolsa de valores. É uma acumulação de tesouro incrível, deveria voltar Fernando Collor de Melo e confiscar novamente todos esses depósitos de reserva, para fazê-la trabalhar no vermelho, mas não no vermelho do saldo negativo, mas no vermelho do sangue do cordeiro de Deus.

Penso que uma grande igreja deveria ser administrada por um pastor e as economias desta mesma igreja grande deveriam ser administradas nas mãos de Contadores-Auditores, pois um pastor que se mete a administrar o financeiro, não faz bem, nem um nem o outro. As pregações ficam com gosto de dinheiro e o dinheiro fica com gosto de espírito.

A religião esta mamando em tetas institucionais ou esta na mamata. A religião não coloca a mão no coração, mas sim no bolso. A religião não esta colocando a mão no índice da Bíblia, mas no índice das cotações.
Se você é partidário de Missões corretas e concretas, não deixe a religião te esfriar e apagar o teu desejo por Missões. Queremos convidar-te a nos escrever, queremos motivar através de mensagens e e-mails a que faça Missão com a gente, se não fazermos Missão agora, quando?

Pr. Teófilo Karkle
CENTRO DE ALEGRIA - CHILE
centrodealegria@hotmail.com

Nenhum comentário: