"“Muitos crentes consagrados jamais atingiram os campos missionários com seus próprios pés mas poderão alcança-los com seus joelhos” (Adoniran Judson)”"

sábado, 23 de outubro de 2010

POVOS NÃO ALCANÇADOS DA INDONÉSIA

Sundaneses
Origem: Java Ocidental Indonésia
Religião: Islamismo


“Creio que podemos conquistar os sundanese” disse Hamid um líder muçulmano do século 16. Ele estava certo. Missionários muçulmanos converteram muitos sundanese comunicando os ensinamentos do islamismo de modo culturalmente relevante. Hoje quase todos os sundanese são muçulmanos e estão entre os mais fervorosos da Indonésia. Menos de um décimo de um por cento são cristãos. Os 31 milhões de sundanese são considerados hoje um dos maiores grupos de povos não alcançados do mundo.

Os mercadores holandeses que foram à Indonésia diziam ser cristãos mas colocavam maior ênfase no comércio e nos lucros do que em compartilhar o Evangelho. Alguns chegavam a impedir o trabalho missionário a fim de preservar a paz e o comércio. O islamismo tornou-se ponto de partida enquanto os muçulmanos lutaram para se livrar da influência desses brancos provenientes de terras estrangeiras.

Missionários cristãos de tempos atrás trabalharam com fidelidade entre os sundaneses mas não prestaram atenção à sua cultura. Isso fez com que os sundaneses vissem o Evangelho como europeu e os convertidos ao cristianismo como pessoas que rejeitavam os costumes sundaneses.

Conquanto os sundanese sejam muçulmanos sua religião é temperada por rituais animistas budistas e hindus passados de uma geração a outra. Cerimônias especiais marcam o nascimento de um filho seus primeiros passos circuncisão casamento e sepultamento. Esses rituais falam também da vida do além. Os sundaneses respeitam os poderes dos mortos e prestam homenagens a espectadores invisíveis. Assombrados por espíritos das árvores ou dos túmulos apelam aos ancestrais por ajuda e intercessão nas horas de dificuldades...





Todas as nações que fizeste virão e se prostrarão perante a tua face ó Senhor; glorificarão o teu nome. Salmo 86:9

Ore para que Deus quebre as correntes do islamismo sobre as mentes do povo e que mais líderes muçulmanos se submetam a Deus através de Seu filho Jesus.

Ore para que o Senhor da Ceifa envie mais ceifeiros para evangelizar e plantar igrejas de modo culturalmente sensível entre os sudanese.

Embora a Indonésia seja predominantemente muçulmana o governo protege oficialmente a liberdade religiosa. Ore para que as autoridades não cedam às pressões dos muçulmanos para impedir a propagação do Evangelho.

A Java ocidental tem grandes centros urbanos mas cerca de 80 por cento da população mora nos vilarejos. Ore pela rápida difusão do Evangelho nas áreas rurais.

Louve a Deus pelo testemunho de uma revista cristã entre os sundanese uma de poucas revistas de qualquer espécie disponíveis na língua sundanesa. Ore pela impressão e distribuição de mais Bíblias e outras literaturas cristãs nesta língua.





Madurese
Origem: Java Oriental Indonésia
Religião: Islamismo

Como um dos quatro maiores grupos de povos nesta nação muçulmana os 12 milhões de madurese são chave para estabelecer o reino de Deus no sudeste asiático. A maioria dos madurese migrou para a parte oriental da Iilha de Java à procura de uma vida mais próspera. Os que permanecem na Ilha de Madura protegem seu modo tradicional de vida da modernidade e do secularismo. Outros indonésios dizem “Se um madurese for seu inimigo você está com problemas mas se o madurese for seu amigo ele é amigo para toda a vida”. Quase 100 por cento dos madurese são muçulmanos. Muitos moram em pequenos vilarejos onde são extremamente leais aos uluma líderes religiosos com poderes místicos. Os poucos madurese que aceitaram a Cristo têm que buscar refúgio para não serem atacados por membros irados de suas famílias Porém há relatos recentes de que jovens madurese estão agora mais dispostos que nunca de ouvir o Evangelho.

Pai pedimos que teu Santo Espírito conduza muitos desses jovens a clamar por Jesus como Salvador e Senhor






Balinese
Origem: Bali Indonésia
Religião: Hinduísmo

Bali é uma ilha hindu na nação predominantemente muçulmana da Indonésia. Resplandescente de belezas naturais a ilha atrai mais de um milhão de turistas por ano. Milhares de ocidentais enchem a praia Kuta de Bali mas jamais se adentram na ilha para encontrar a alma de Bali à sombra de sua montanha sagrada. A cultura balinesa é ligada por um forte senso de responsabilidade coletiva em volta de rituais complicados. Sob a folhagem de esmeraldas e flores tropicais coloridas os balinese se entregam aos deuses e aos ancestrais através de cerimônias belíssimas mas demoníacas. É difícil para um balinse seguir a Jesus por causa do ostracismo e da perseguição que isso causaria. Menos de um por cento dos 3.8 milhões de balineses são cristãos. A Bíblia toda foi publicada em balinês em 1990.

Senhor da criação oramos para que o Senhor redima a riqueza e criatividade da cultura balinesa e a utilize para trazer a glória ao nome do Senhor.





Sasaque
Origem: Lomboque Indonesia
Religião: Islamismo Animismo

A sociedade sasaque gira em torno da religião ou melhor das religiões.Os sasaque foram afetados pelo islamismo hinduísmo e uma religião animista singular chamada Uequetu Tulu que é praticada apenas na Ilha Lomboque lar dos sasaque. Um grupo denominado de sasaque uequetu lima adere às crenças mais ortodoxas e aos rituais do islamismo. Lima significa “cinco” e se refere aos cinco pilares do islamismo seguidos pelos seus crentes. Em contraste os sasaque uequetu telu só guardam o primeiro mandamento do islamismo: a crença em Alá e no seu profeta Maomé. Eles rezam em sua própria língua e sempre que querem compõe suas orações no coração. Em vez de edificar mesquitas eles escolhem cantos de oração ou pequenas salas olhando para Meca em todos os seus edifícios públicos. Diferentes dos ortodoxos os sasaque uequetu telu comem carne de porco considerando que tudo que venha de Alá é bom.

Deus dos sasaque revele o Filho aos sasaque de maneira poderosa para que eles o adorem em espírito e em verdade.





Nenhum comentário: